implantacao_adutora_2

Foto: Divulgação

A Embasa iniciou essa semana a obra emergencial para abastecimento de água dos municípios de Queimadas e Santaluz. As intervenções consistem na implantação de uma estrutura de captação de água na Barragem de Camandaroba, em Itiúba, e uma nova adutora que levará a água até a Estação de Tratamento de Queimadas. Os investimentos são da ordem de R$ 3,3 milhões e a obra deve ser finalizada em até 45 dias.

Com a prolongada falta de chuvas e a baixa disponibilidade hídrica no Rio Itapicuru, a Barragem da Leste onde atualmente é feita a captação de água para o sistema está entrando em colapso. “Por isso, precisamos captar água em outro manancial para manter o atendimento à população dos dois municípios”, explica o gerente regional da Embasa, Euvaldo Neto. As obras receberam a visita, nessa sexta-feira (10), do diretor de operação do interior, José Ubiratan Matos e do superintendente de operação da região norte, Raimundo Bezerra Neto.

Os dois municípios estão em situação de restrição de oferta. Para preservar o volume de água ainda disponível, os moradores devem manter os hábitos de consumo racional, evitando desperdício e utilizando a água apenas para fins essenciais.

implantacao-adutora

Foto: Divulgação

Outras ações – Em parceria com o Inema e a Policia Militar a Embasa vem retirando, desde o início da crise hídrica, barramentos clandestinos e bombas de médio porte que foram construídas irregularmente ao longo do Rio Itapicuru. Com essa intervenção, será possível represar água advinda da barragem de Ponto Novo e garantir a captação na Barragem da Leste até que seja finalizada a obra emergencial.

Atendendo a um anseio da população, a diretoria da Embasa também já autorizou a limpeza da Barragem da Leste. “As equipes já estão se mobilizando e os serviços vão acontecer paralelamente às obras de captação em Camandaroba”, informou o gerente.

Notícias de Santaluz