WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

uninter

otica elo

exa ambiental

elleve

calcart shoes

localizacao>

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
blog antigo

:: ‘Policial’

HOMEM MORRE EM CONFRONTO COM A POLÍCIA EM SENHOR DO BONFIM

Auto de oposição a intervenção policial

▪ DATA: 16/04/2021
▪ HORA: 15h20
▪ LOCAL: Alto da Maravilha
▪ CIDADE: Senhor do Bonfim  – BA

▪ RESUMO: Por volta das 15h20, a guarnição da CETO estava realizando rondas rotineira, quando avistaram um indivíduo, em atitude suspeita. Foi dado a voz de abordagem, para que fosse realizado uma busca pessoal, o indivíduo saiu correndo, sacou uma arma de fogo e adentrou a uma residência. Ao chegar próximo ao quintal da casa tomando todos cuidados possíveis, a guarnição foi recebida por disparos de arma de fogo sendo necessário revide a injusta agressão sofrida e o indivíduo foi alvejado. Após cessarem os disparos, o indivíduo foi socorrido para a UPA, mas não resistiu aos ferimentos vindo a óbito.  Foi encontrado com o mesmo um revólver cal. 32 n° 520035, bem como uma substância análoga a maconha, totalizando 18 trouxinhas. Segundo informações colhidas no local, o mesmo é acusado de ter envolvimento em alguns homicídios e tentativas de homicídios, na cidade de Senhor do Bonfim, bem como Roubo a veículos na cidade de Antonio Gonçalves.

■FONTE: ASCOM – 6º BPM

Homem morre após ser atingido por carro enquanto caminhava na BA-120, em Retirolândia

Um homem identificado como Alberto Dantas, conhecido também como ‘Berto’, morreu após ser atingido por um carro, na BA-120, em Retirolândia, região sisaleira da Bahia. De acordo com informações da Polícia Militar, o acidente aconteceu no início da manhã desta sexta-feira (16), por volta das 5h30, nas proximidades da localidade conhecida como Lagoa do Canto. Versão inicial relatava que Alberto pedalava pela rodovia quando foi atingido por um veículo modelo Uno Mille, de cor prata, com placa de Valente (BA), cidade vizinha a Retirolândia. Entretanto, segundo a polícia, a vítima foi atingida enquanto caminhava. As circunstâncias do acidente são desconhecidas. Conforme a Polícia Militar, o carro foi encontrado no local, mas o condutor ainda não foi identificado. A Polícia Civil deve investigar o caso. A PM isolou a área e acionou o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para realizar a perícia e remoção do corpo. A Polícia Rodoviária Estadual também foi informada sobre o acidente.

Notícias de Santaluz

Jovem Advogado de 29 anos morre vítima de COVID-19 em Senhor do Bonfim

Faleceu nesta sexta-feira (09) o jovem advogado Denis Fialho. A morte foi confirmada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção Senhor do Bonfim, através de nota.

Denis Fialho morreu em decorrência da Covid-19. De acordo com boletim epidemiológico divulgado na noite desta sexta pela Secretaria Municipal de Saúde de Senhor do Bonfim, Denis teve exame confirmado para Covid-19 há 30 dias e estava sendo acompanhado em domicílio.
Ele estava evoluindo bem, porém deu entrada na UPA com sinais de desconforto respiratório nesta quinta-feira (08), sendo transferido para a UTI do HDAM. Nesta sexta ele morreu por sequela (epiglotite aguda) do novo Coronavírus.

Denis Fialho tinha 29 anos, era natural de Diadema, São Paulo, mas residia em Senhor do Bonfim. Nas redes sociais várias pessoas se manifestaram em solidariedade à família.

Blog do Walterley Kuhim

Gerencia do Banco do Brasil confirma circulação de notas falsas em Capim Grosso

Nesta quinta-feira, 08, a Rádio Contorno FM recebeu a confirmação através da gerencia do Banco do Brasil, que cédulas falsas de 200 reais estão circulando em Capim Grosso, porém, com as mesmas proporções das notas de 100 reais.

As notas de 200 reais têm a facilidade falsificação por se tratar de uma circulação recente e poucas pessoas conhecem. A Agência do Banco do Brasil recebe entre cinco e dez notas falsas por mês. As cédulas de R$ 50,00 praticamente não são mais falsificadas.

A orientação para reconhecer uma cédula falsa é entrar no site do Banco Central para adquirir as informações. Uma pesquisa básica pode ajudar a verificar pelo menos três dos elementos de segurança sempre que receber a nova cédula.

Com o olhar contra a luz no número 200, o brilho precisa andar e variar entre o verde e o azul. Existem entre 15 a 20 dispositivos de segurança, as cédulas são imprensas em celulose, sendo necessário observar o alto-relevo, uma das palavras é República Federativa do Brasil, no topo cédula. Também os desenhos das flores e frutos, já no verso, as palavras Banco Central do Brasil e parte do desenho do lobo.

Um desses dispositivos é o chamado quebra-cabeça, são símbolos na frente da cédula que quando colocados contra a luz aparecem o número 200.

Os falsificadores já estão conseguindo imprimir a marca d’água, assim, não servindo mais como base de identificação, inclusive o fio de segurança também está sendo inserido.

As notas apreendidas na agência de Capim Grosso são encaminhadas para o Banco Central para o devido reconhecimento e a pessoa recebe um recibo, até que seja dado o veredito. Caso a cédula tenha sido identificada como falsa o portador perderá o valor correspondente.

As notas de 200 reais começaram a circular no dia 02 de setembro de 2020.

Rádio Contorno FM/ Foquinho Eventos

Drones continuam a auxiliar os bombeiros nas buscas pelo pequeno Davi Lima.

Os bombeiros percorreram com a ajuda de drones várias áreas da localidade de Varzinha da Olarias, nesta quinta-feira, 08 de abril de 2021.Infelizmente o pequeno Davi segue desaparecido.

O menino desapareceu no domingo 28 de março de 2021 quando ia da casa da Tia para a Casa da Avó.

Maiores informações a qualquer momento!!!

Cidade em Notícias

Polícia apreende espingarda em Filadélfia

PMBA CPRN 6° BPM

OCORRÊNCIA: Roubo/apreensão de arma de fogo

DATA: 08/04/2021

HORA: 10 horas

LOCAL: Povoado de Pindoba

CIDADE: Filadélfia

RESUMO: A Guarnição da 5° CIA deslocou ao local citado, por solicitação da vítima que informou ter sido roubado por um indivíduo armado com (espingarda bate bucha). A arma entregue pelo avô do suposto autor que não se encontrava no local. A arma foi entregue na DEPOL/Filadélfia.

FONTE: ASCOM 6° BPM

FAMÍLIA PROCURA POR HOMEM DESAPARECIDO EM SENHOR DO BONFIM


Procura-se por RICARDO, mais conhecido por TITA, ele saiu da quinta dia 01/04 e não voltou mais. Encontraram a moto dele no Alto da Maravilha já sem placa. Uma moto Fan na cor preta.

Quem tiver alguma informação, ligar para 99142-5503 falar com Fernanda.

Blog do Netto

Garimpo ilegal em Campo Formoso movimentou US$ 44 milhões em esquema de doleiro dos doleiros

FOTO: DIVULGAÇÃO

O complexo banco paralelo montado pelo doleiro Dario Messer tinha um garimpo ilegal no interior da Bahia como uma de suas engrenagens.

Segundo investigações, a atuação dos garimpeiros de esmeraldas em Campo Formoso (BA) ajudou a manter ativo o sistema de dólar-cabo que auxiliou na lavagem de dinheiro de políticos corruptos, como o ex-governador Sérgio Cabral (MDB).

Apenas uma exportadora de pedras preciosas que atua na cidade movimentou US$ 44 milhões de 2011 a 2017 (cerca de R$ 250 milhões), apontam dados da Operação Marakata, desdobramento da Lava Jato do Rio de Janeiro.

A Folha mostrou na última terça-feira (6) como falhas na fiscalização do garimpo e o sucateamento do órgão responsável pela regulação do setor, a ANM (Agência Nacional de Mineração), dificultam o combate a corrupção e lavagem de dinheiro por meio da atividade.

As falhas entraram no radar de autoridades na linha de frente do combate à corrupção e à lavagem de dinheiro no Brasil e no mundo. As autoridades brasileiras temem uma repercussão negativa dessas debilidades no sistema financeiro internacional.

O órgão que serve como referência global para o setor, o Gafi (Grupo de Ação Financeira Internacional), tem programada uma vistoria ao país, e a detecção das fragilidades podem levar a entidade a rebaixar a avaliação do Brasil no quesito dos mecanismos de combate à lavagem de dinheiro, prejudicando assim a realização de investimentos externos.

A Operação Marakata apontou como o garimpo em Campo Formoso acabou sendo uma das peças de funcionamento do banco paralelo montado por Messer, que movimentou US$ 1,6 bilhão (o equivalente a cerca de R$ 5,3 bilhões em valores da época) de 2011 a 2017 envolvendo mais de 3.000 offshores em 52 países. Messer é conhecido como o doleiro dos doleiros.

A investigação teve como base a delação premiada de dois sócios minoritários de Messer, Vinicius Claret e Cláudio Barboza. Eles eram os responsáveis por realizar as operações de dólar-cabo.

A estrutura montada pelo grupo era uma das poucas que conseguia operar as duas pontas do dólar-cabo: ao mesmo tempo, oferecer dinheiro vivo no país e ter caixa disponível em contas no exterior, em paraísos fiscais.

Isso era possível em razão do número de clientes e os diferentes interesses de cada um. Enquanto políticos corruptos, por exemplo, precisavam transformar dinheiro vivo no Brasil em depósitos no exterior, empresas corruptoras necessitavam de recursos em espécie no país para pagar propinas.

Claret e Barboza faziam o “casamento” das operações por meio do banco paralelo, oferecendo contas no exterior para o pagamento pelo dinheiro vivo oferecido.

Parte dessa engrenagem, porém, não necessariamente envolvia corrupção. É onde entram os garimpeiros de Campo Formoso (BA).

Eram Barboza e Claret quem realizavam os depósitos em espécie na conta de garimpeiros e “atravessadores” que vendiam pedras para a empresa O S Ledo. A firma fazia a exportação dos produtos para a Índia e Hong Kong, majoritariamente.

A O S Ledo recebia os pagamentos dos compradores no exterior em contas indicadas por Claret e Barboza. Parte era repassada para os donos da firma, no Brasil, e o restante ficava com os doleiros para auxiliar em outras transações de dólar-cabo em paraísos fiscais.

Investigações anteriores da Polícia Federal indicam que as pedras preciosas fornecidas à O S Ledo tinha origem em extrações ilegais. Uma das conversas interceptadas mostram que os atravessadores usavam documentos de permissão de lavra garimpeira de outra região para transportar e vender as pedras preciosas.

A permissão de lavra garimpeira é destinada a pequenos garimpos com área de até 50 hectares. A venda de pedras preciosas nesse tipo mais simples de extração é feita por meio de notas fiscais em papel, que na maioria das vezes são preenchidas à mão.

Essas notas não entram em sistemas eletrônicos de controle, o que inviabiliza cruzamentos de dados e identificação de irregularidades na cadeia de produção.

A investigação também indica que menos da metade das exportações da O S Ledo eram declaradas às autoridades. A maior parte do faturamento da atividade da empresa circulava por meio de doleiros.

O mesmo ocorria com os garimpeiros e atravessadores. Um dos suspeitos recebeu formalmente da O S Ledo R$ 647 mil entre 2013 e 2018, enquanto arrecadou R$ 1,9 milhão por meio do sistema paralelo dos doleiros Claret e Barboza.

A antiga força-tarefa da Lava Jato viu conexão direta entre a lavagem de dinheiro do garimpo com o esquema de corrupção de Cabral, que também utilizou o sistema de Messer para enviar dinheiro ao exterior.

“O dinheiro em espécie do Cabral era entregue a um doleiro, que fazia uso de uma rede de doleiros para enviar o dinheiro ao exterior. Esse envio só é possível porque outro cliente, de outro doleiro, estava fazendo o movimento inverso e depositando na conta do Cabral lá fora (apesar de não saber disso) para receber em espécie no Brasil. Um crime está intimamente ligado ao outro, são interdependentes”, afirmou o procurador Eduardo El Hage, ex-coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Rio.

A Operação Marakata foi uma das retiradas das mãos do juiz Marcelo Bretas, magistrado responsável pelas ações da Lava Jato. O TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) entendeu não haver conexão íntima entre os casos.

O juiz Alexandre Libonati condenou Messer a 13 anos e 4 meses de prisão no processo da Marakata. Ele firmou delação premiada e confirmou a dinâmica das operações. Os responsáveis pela O S Ledo aguardam sentença.

A Folha não conseguiu localizar os representantes da empresa, bem como seus advogados.

FOLHAPRESS/BOCÃO NEWS

Homem é encontrado caído em Santaluz

Um homem de 54 anos foi socorrido pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Santaluz depois de ser encontrado caído ao lado de uma motocicleta, na noite deste sábado (3). O acidente, cuja circunstância é desconhecida, aconteceu nas imediações de uma fábrica de calçados, na BA-120, saída para o município de Queimadas. Segundo a GCM, o homem, identificado como Antônio Raimundo, residente no bairro Morro dos Lopes, foi encaminhado ao hospital local, com escoriações pelo corpo, além de aparente estado de embriaguez. A moto foi levada para o pátio da Guarda.

Notícias de Santaluz

#santaluz
#bahia
#policial
#policiamilitar
#news
#noticias

ITIÚBA: BUSCAS POR DAVI CONTINUAM

As buscas pelo pequeno Davi Lima de 11 anos que está desaparecido desde a tarde do último domingo, 28 de março de 2021 continuam.

A confirmação foi feita pelo Tenente Coronel Tarcísio do Vale do 9° Grupamento de Bombeiros Militar de Juazeiro Bahia para a nossa redação. Além dos Bombeiros, Caçadores e voluntários continuam as buscas. Paralelamente um inquérito policial foi instaurado e segue investigando o caso.

As buscas por Davi haviam sido encerradas na última quinta-feira, 01 de abril, sob o argumento que todos os recursos haviam sido esgotados, porém voluntários continuaran a procura pelo menino e no último sábado, 03 de abril, as buscas foram retomadas pelo Corpo de Bombeiros.

Davi Lima de 11 anos desapareceu na tarde do domingo, 28 de março quando seguia da casa da Tia Joelma para a casa da Avó, Dona Terezinha. O vizinho, Seu Jonas teria sido a última pessoa a ver a criança quando a mesma corria sentido serra.

Maiores informações a qualquer momento.

Cidade em Notícias

 

telecom

clinica viver

pro saude

santana advocacia

clinica vida



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia